Investir com pouco dinheiro: tudo o que você precisa saber


Investir com pouco dinheiro: tudo o que você precisa saber

Investir é uma ótima oportunidade para quem pretende aumentar a renda. Entretanto, apenas 1 em cada 4 brasileiros realizam algum tipo de investimento. As causas para um número tão baixo são muitas, como falta de educação financeira e a visão equivocada de que os investimentos são restritos às pessoas mais abastadas. Entretanto, você sabia que é possível ter bons rendimentos mesmo investindo um valor baixo? Dessa forma, é fundamental saber como investir com pouco dinheiro.

Com o intuito de deixar o assunto esclarecido, fizemos este artigo especialmente para você, que deseja iniciar no mundo dos investimentos. Iniciaremos o artigo falando sobre a importância do planejamento para começar a investir. Em seguida, abordaremos as principais informações relevantes sobre o tema. Por fim, apresentaremos os principais investimentos que a Cresol oferece para você. Acompanhe!

Saiba a importância do planejamento para começar a investir

Toda ação que fazemos é melhor aproveitada quando seguimos um planejamento. Ele serve para antever possíveis cenários e dar um caráter mais profissional para as nossas ações, e com investimentos não é diferente.

As chances de um investidor se sair bem fazendo investimentos de forma aleatória e impulsiva são bem baixas, pois para entrar nesse mundo é necessário obter e a analisar uma série de informações, a fim de apostar no melhor investimento para a sua realidade.

Dica: Saiba tudo sobre empréstimos para micro e pequenas empresas

Outro ponto que devemos destacar no investimento é que ele deve ser feito respeitando as condições financeiras do investidor, pois ele deve servir como um meio para aumentar a renda, e não como um instrumento que leve à pessoa a ser prejudicada quanto à sua vida cotidiana. É importante delimitar um valor seguro para investir e manter o percentual restante seguro, utilizando para tal muita disciplina e educação financeira.

Veja outras informações relevantes para começar a investir com pouco dinheiro

Agora falaremos sobre as principais informações que você precisa ter para começar a investir com pouco dinheiro.

Importância da disciplina e educação financeira

Para começar a investir com pouco dinheiro, é necessário ter muita disciplina e educação financeira. O valor da sua renda a ser aplicado em investimentos depende muito, mas George Samuel Clason, autor do best-seller “O homem mais rico da babilônia”, destaca que é necessário poupar pelo menos 10% dos rendimentos para começar a investir.

Dica: Crédito pessoal: tudo o que você precisa saber antes de contratar

O percentual pode alterar de acordo com cada pessoa, mas é importante encarar esse valor como um parâmetro. Caso ele ultrapasse, não deve comprometer outras despesas, como os gastos obrigatórios. Para deixar tudo isso muito claro para você, é necessário anotar todas as receitas e despesas e seguir um planejamento.

Livrar-se das dívidas

As dívidas são umas das maiores inimigas que o investidor pode ter para começar a investir com pouco dinheiro, pois elas podem consumir boa parte da sua renda, especialmente quando são negligenciadas. Dessa forma, urge que você quite todas as dívidas. Caso elas estejam muito altas e apresentem uma alta taxa de juros, é sempre válido tentar renegociar.

Ter uma reserva financeira

É importante sempre manter uma reserva financeira para eventuais emergências. O montante da reserva financeira varia de acordo comperfil de cada pessoa, mas em geral, ele deve ser pensado para cobrir as despesas obrigatórias caso alguma coisa aconteça, como demissão do emprego, queda de venda no seu negócio, etc.

Escolher os investimentos com melhores rendimentos

É importante que você opte por investimentos que ofereçam os melhores rendimentos do mercado, além de uma boa margem de segurança. De nada adianta investir em negócios milagrosos se não houver confiança de que seu dinheiro investido voltará para você. Quando for necessário escolher entre um e outro, siga a dica de George Samuel Clason e prefira os com maior segurança, ainda que apresentem um menor rendimento em relação ao demais.

Diversificar os investimentos

Todo investidor precisa saber diversificar o seu negócio. Por exemplo, se um pequeno produtor rural investe e começa a plantar apenas tomate, corre um grande risco. Uma praga pode devastar toda a sua plantação e ele perder todo o dinheiro e tempo investido, além de outros fatores externos que podem prejudicar a obra, como queda do preço do tomate no mercado, entre outros.

Dica: Empréstimo para produtor rural: custeio da safra

No mundo dos investimentos não é diferente. É necessário que o investidor diversifique seus investimentos para que ele não corra tanto risco. Vamos usar o mesmo exemplo da plantação de tomate. Imagine que um investidor decidiu aplicar todo o seu dinheiro nessa commodity. Se o preço dela cair, todo o seu trabalho e dinheiro investido terá sido em vão.

Conhecer no que se está investindo

Para investir, não é necessário que você seja um especialista em economia. Muito pelo contrário, atualmente boa parte dos investimentos pode ser feito por qualquer pessoa. Entretanto, isso não significa que é aconselhável que você adentre nesse mundo sem conhecer nada sobre o assunto. É importante conhecer ao menos o básico sobre os investimentos e escolher a modalidade mais adequada ao seu perfil e que você mais se identificou.

Por fim, lembre-se: não existe investimento sem risco. Entretanto a maioria das instituições oferecem garantias para que você não perca o seu valor investido. Equalize risco e rentabilidade e avalie a melhor opção para você.

Conheça algumas possibilidades de investimentos da Cresol

Para auxiliar você a começar a investir mesmo com pouco dinheiro, a Cresol apresenta uma série de opções de investimento. Abordaremos as principais aqui neste tópico: Cresol Aplic Fácil, Cresol Executivo, Cresol Invest, Cresol Aplicação Programada.

Se quiser saber ainda mais sobre as possibilidades que a Cresol oferece e seus principais diferencias, entre em contato clicando no banner abaixo!

Cresol, ao seu lado, sempre que precisar

Cresol Aplic Fácil

Nesta modalidade de investimentos, a aplicação contém uma liquidez de curto prazo, com carência de resgate de 30 a 120 dias, o que é ideal para quem deseja investir a curto prazo.

Cresol Executivo

Nesse investimento, a liquidez é de longo prazo. A carência para o resgate do valor investido mais o rendimento tem prazo de 720 dias.

Cresol Invest

Esse investimento é de muita segurança e boa rentabilidade. Sua liquidez é de médio prazo e a carência para o resgate varia de 180 a 360 dias.

Cresol Aplicação Programada

Nesse tipo de investimento, a Cresol dá a possibilidade para que você faça aplicações periódicas, de mês em mês, de forma automatizada. O investidor escolhe o dia para a aplicação e o valor a ser investido. Com isso, na data escolhida, será descontado o valor no débito da conta corrente e o valor será aplicado automaticamente na conta de aplicação.

Sendo assim, investir com pouco dinheiro não é uma tarefa difícil. Entretanto, é importante que você tenha em mente algumas informações, conforme listamos neste artigo. Outro ponto importante é que você precisa parar de procrastinar e entrar de uma vez nesse negócio. Que tal começar logo essa semana?

Gostou do texto sobre como investir com pouco dinheiro? Então entre em contato com a Cresol e conheça mais sobre estas possibilidades!




Por
21/05/2019

Nossa missão é promover a inclusão social através do acesso ao crédito! São mais de 200 mil famílias cooperadas em 10 estados brasileiros, e nos orgulhamos por ser o maior sistema de cooperativas de crédito rural solidário do Brasil.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!