Notícias

Juros ao Capital

Crescimento premia com R$ 12 milhões os sócios da Cresol

Data Publicação: 03/01/2019

Foram creditados aos sócios mais de R$ 12 Milhões como juros ao Capital Social, como mais uma ação de valorização dos cooperados frente o forte crescimento das Cooperativas de Crédito filiadas ao Sistema Cresol Baser. Hoje esse Sistema disponibiliza um ótimo atendimento e competitivas soluções financeiras, beneficiando mais de 200 mil famílias em 10 estados.

Ao remunerar o Capital Social de seus associados, essas cooperativas reconhecem esse investimento de seus sócios e a crença desses nesse projeto como sendo o que mais lhes agrega valor. Além do que, reconhecem que esses créditos regulares que lhes são somados aos seus Capitais Sociais irão futuramente lhes permitir ter mais uma fonte de reversas para seu conforto na melhor idade.

O cooperativismo se forma a partir da associação de pessoas que se dispõem a juntar seus capitais para compor o patrimônio para que sua cooperativa possa operar e crescer. A remuneração do Capital Social soma esses valores ao patrimônio da Cooperativa de Crédito, sendo um ótimo sinal do crescimento e robustez do Sistema Cresol Baser.

O Superintendente da Cresol, Adriano Michelon, resume bem alguns benefícios da remuneração do capital. “Ele permite que o sócio faça uma reserva de segurança tanto para o fortalecimento da cooperativa quanto para o seu futuro servindo como uma espécie de previdência e com uma remuneração justa para que o recurso seja valorizado anualmente, além disso incentiva às novas capitalizações, ampliando limites de crédito e apoiando na sustentabilidade da Cresol”, comenta.

O que é o Capital Social?

O Capital Social é parte do patrimônio de uma cooperativa de crédito e é composto pelo capital que todos os associados investem na instituição. Este recurso é o que confere solidez à cooperativa.

Vantagens do Capital Social

O Capital Social é como se fosse uma poupança de longo prazo que pode ser uma excelente forma do associado complementar a sua aposentadoria.

Para a cooperativa, o Capital Social confere um fortalecimento do
patrimônio líquido e a expansão da instituição. É uma fonte de recurso com menor custo e possibilita que os cooperados obtenham linhas de crédito com prazos maiores de pagamento.

Além disso, representa estabilidade financeira e segurança.

 

Receba nossas novidades

Assine nossa Newsletter